Tudo igual, mas diferente

Não se assustem com o título. O nome do blog continua o mesmo (o meu, na falta de coisa melhor…). A autora também (quem não gosta, a blogosfera tá aí). Mas eu tinha desejos antigos. De mobilização. De participação. De congregação. E principalmente, de regularidade. Vou tentar, mas não prometo. A vida, vocês sabem, é uma surpresa. A linha é aquela: – há quem ache chato, há quem ache o top hot do momento – feminismo, esquerda, sentimentos, representações,  idiossincrasias. O que muda é que eu sempre tive um bocado de coisa bacana que eu queria falar e nunca falava. Ou eu falava e ninguém sabia, porque eu olhava tudo e não comentava nada. Ou eu falava uma vez e ninguem nunca mais achava, porque eu não categorizava, nem punha tags. Agora vou. Revisar o blogroll também. E entrar numas colaborações aí. No fim das contas, o objetivo é o mesmo: ficar famosa e dar uns pegas no Jude Law.

Pê Ésse Um: Essa página vai ficar aqui por um tempo. Para ver os posts, abra os arquivos, aqui do lado =>

Pê Ésse Dois: Os arquivos de novembro são todos do “novo” blog.

laberinto

Organizando o labirinto. Mas mantendo a paixão.

2 opiniões sobre “Tudo igual, mas diferente”

  1. Kaio Cassio disse:

    “ficar famosa e dar uns pegas no Jude Law” genial! huahauaha

  2. Alexandre Canello disse:

    Adorei esse blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s