Antes de mais nada deixa eu contar a história do sorvete: Eu estava um dia passeando no shopping, deu vontade de tomar sorvete. Daqueles de casquinha, mas com calda de chocolate quente por cima. Vontade fulminante, né. Fui comprar o sorvete mas daí veio com tão pouco chocolate por cima e o sorvete tava meio mole, então o chocolate nem endureceu direito, que eu comecei a chorar. Juro pra vocês. Eu tava no shopping chorando copiosamente por causa de um sorvete. Tem noção?

Tô contando pra vocês entenderem o quanto EU NÃO SEI LIDAR com frustração. Não é irracionalidade ou infantilidade. Eu SEI que é ridículo chorar por um sorvete. Claro que depois de um tempo eu esqueço o sorvete e o mundo volta a ter cores. Mas no momento do ocorrido, NÃO SEI LIDAR. Não sei nem fingir que sei lidar. Daí é só isso: compreensão, please!

Anúncios