Nessa minha caminhada feminista eu acabei me deparando com uma discussão que até pouco tempo fugia quase que totalmente da minha cabeça. Existe pornografia feminista? Porque dizer que a pornografia é machista e que ela é feita para homens verem é chover no molhado. E também não sou do time que acredita que todo pornografia é maléfica. Mas nunca parei para pensar ou pesquisar, se existia alguém no mundo tentando resignificar a coisa. E hoje eu descobri que tem. Tem inclusive uma solenidade que premia as melhores iniciativas no gênero, o Feminist Porn Awards (recomendo a visita ao site, explica muita coisa…) E a celebridade atualmente parece que é a Erika Lust’s, uma diretora com um rosto bem meigo, que já me ganhou só por esse post.

Eu ainda não avaliei bem a questão. Estou pensando em baixar algum filme para ver qualé. Mas inegavelmente gosto do sabor da subversão…

Aliás, para não dizer que não vi nenhum filme, no blog da Erika eu achei o link para o site I feel myself, com filmagens lindas de mulheres chegando ao orgasmo. É preciso ser associado para ver todos os vídeos na íntegra, mas dá pra ver um prévia free.

showreel_finish

Anúncios