Madrugada de sábado. Enquanto muitas pessoas curtem a noite, outras dormem, outras ainda fazem sexo, eu estou aqui… atualizando o meu currículo lattes. A metade dele, pelo menos. Ainda ficou faltando a publicação de artigos, participação e apresentação em congressos e também a produção cultural. Mas, pelo menos, o meu projeto de pesquisa já está lá, e eu não passo mais vergonha se alguém digitar meu nome no google. Tem ainda a tal da linha de pesquisa. A pergunta que não quer calar é a seguinte: excetuando-se o fato de que eu continuo sem saber que rumo tomar, eu já sou alguém na noite para ter uma linha de pesquisa?

Anúncios