Hoje, por fim, o Sérgio terminou a edição do vídeo “Fio-me” produzido durante a oficina de vídeo da semana calórica 2008/1, que eu e ele ministramos. Achei loosho. Uma aura Hitchicock, Tarantino. Ou talvez eu esteja sendo pretenciosa.

UPDT: Esse vídeo me fez lembrar o quanto eu gosto das vinganças sorrateiras, para não dizer inócuas. Hoje, por exemplo, uma menina passou por mim esbarrando seu apetitoso picolé de morango no meu braço. Ela pediu desculpa e eu retruquei simpaticamente: “Tudo bem, só o seu picolé que ficou sujo”, seguido por risadas. Isso, não porque eu sou uma pessoa simpática e desprendida, mas para que ela ficasse com nojo de todas as bactérias e células mortas que ficaram impreganadas no seu picolé e não conseguisse dar mais uma lambida sequer. Don’t fuck with a fucker, bitch!

Anúncios