Eu não contei à ninguém que voltei com o blog.
Escrever aqui é pura catarse, não faço questão de platéia…
Na verdade, para os perguntam eu reafirmo que nunca mais olhei para a cara desse blog…
– Não por acaso, catarse me lembra catarro, e você que ocasionalmente me lê ou me leu, deve saber que exteriorizo meus vírus e males, mesmo que subconcientemente… –

Na verdade eu não sei se existe esse alguém que me lê. Não acompanho mais o contador desde o dia em que Jornalismo Digital se tornou uma matéria realizada para mim (tirei 9,6 a propósito, muitíssimo para alguém que não respeitou nenhuma regra). É verdade, não faço questão de platéia!

Se não houver ninguém melhor ainda, posso chamar você, você mesmo, de PUTA. Ou você aí, de BICHA! Ou ladrão, ou maconheiro… Poderia, na verdade, se Deus não estivesse me vendo…

Tsc, tsc… que mente doentia…

Anúncios